Por que decidi ir pro Canadá

Tantas pessoas me pedem ajuda sobre intercâmbio que resolvi criar um blog contanto minhas experiências e dando algumas dicas. Eu sempre quis criar um blog, já tinha vários textos escritos mas faltava comprometimento, e agora que estou com um pouquinho mais de tempo livre decidi! Claro que já existem muitos por aí assim, mas acho que vai ser útil pra algumas pessoas.

Vou começar contando a história de como o Canadá surgiu na minha vida. Voltando no tempo… 28 de abril de 2010… Uma data tão importante, meu aniversário, claro! Por ironia do destino, fui selecionada pra uma dinâmica de grupo em um dos processos de trainees que eu estava participando. A dinâmica era no Rio de Janeiro, ignorando meu aniversário, fui sem nem pensar duas vezes. A vontade de trabalhar numa grande empresa, e principalmente conseguir uma vaga de trainee era grande, e eu não perderia essa oportunidade.

Lá chegando, eu estava super confiante, eu achava que tinha o perfil exato que a empresa estava procurando, simplesmente porque me encaixava nos pré-requisitos do processo, pura inocência de uma recém formada. Foi só a dinâmica começar que a confiança foi por água a baixo. TODOS os outros participantes tinham muito mais experiência do que eu, profissional e pessoal. Recém formados como eu, mas com experiência trabalhando em grandes empresas, intercâmbios, inglês fluente, trabalho no exterior, muitas coisas com as quais eu não tinha a menor condição de competir. Saí de lá arrasada, e como eu não estava satisfeita com o meu atual trabalho, comecei a pensar seriamente no que fazer para que meu perfil ficasse mais atraente para empresas multinacionais, e comecei a pensar em fazer um intercâmbio.

A decisão de fazer um intercâmbio foi de um dia pro outro, e no dia seguinte voltei pra BH e liguei pros meus pais pra conversar sobre isso. O apoio deles foi incondicional e logo em seguida comecei a pesquisar agências de intercâmbio. A princípio seria um intercâmbio de apenas um ano pra estudar inglês, e por isso o planejamento não foi super complicado, tudo que precisei fazer mesmo foi pesquisar sobre países, cidades e agências para que esse sonho pudesse se tornar realidade.

Depois de muita pesquisa, e algumas visitas, escolhi a agência que eu mais gostei e que tinha um preço mais razoável. Inicialmente iria em Setembro do mesmo ano, mas acabei adiando por medo do frio. Enfim cheguei no Canada dia 19 de Março de 2011 e estou aqui até hoje. Se eu gosto? ADORO! Toronto e uma cidade ótima! Claro que sinto muita falta de muitas coisas do Brasil, mas a segurança de voltar pra casa sozinha na hora que quiser, usar meu Iphone na rua, nunca trancar a porta – e o máximo que acontece é um vizinho desatento errar o apartamento e pedir desculpas por meia hora – não tem preço.

Não só pela segurança, as coisas aqui também são mais organizadas, tudo funciona como deveria, e o melhor de tudo, a qualidade de vida é muito melhor. Aqui é possível ter uma qualidade de vida relativamente boa trabalhando em qualquer tipo de emprego.

Eu não sei como seria a minha situação se eu tivesse continuado morando no Brasil, se eu teria uma boa condição de vida ou se eu ainda estaria correndo atrás do estilo de vida que sempre sonhei, o que eu sei é que o que eu ganhava trabalhando 40 horas semanais no Brasil, aqui eu ganho em um ou dois dias de trabalho, e mesmo tendo perdido alguns anos de carreira por ter voltado a estudar e ter começado do zero novamente no Canada, eu não me arrependo de ter dado esse passo.

Enfim, o que era pra ser uma viagem pra que eu pudesse aperfeiçoar meu currículo profissional para conseguir um bom emprego no Brasil após a minha volta, virou uma viagem onde ampliei meus horizontes, amadureci, me desenvolvi profissionalmente, e simplesmente vi que o meu lugar é aqui.

2 Comment

  1. Mari Cimini says:

    Obrigada! Boa sorte na sua jornada! 🙂

  2. Beatriz Cardeal says:

    Que bom que vc conseguiu achar seu lugar! Eu tbm penso que meu lugar é o Canadá, mais precisamente Vancouver. Ainda chego lá, em breve! Felicidade pra vc!

Deixe uma mensagem