A estrutura de Toronto

Em quase três anos morando em Toronto, eu nunca tinha visto tanto caos como o que está acontecendo esse ano. No verão ocorreu uma grande enchente, que alagou o metrô, deixou pessoas ilhadas nos trens e nas ruas, alagou casas e deixou mais de 300.000 pessoas sem energia elétrica e fez o transito na cidade inteira se tornar impraticável. Os estragos com a enchente chegaram a $850 milhões de dólares, sendo o maior prejuízo da história de Toronto.
 
 
Recentemente tivemos também uma tempestade de gelo, que congelou tudo e fez com que o transporte público parasse de funcionar em vários trechos, principalmente os streetcars. Além disso, o peso das árvores congeladas fez com que elas se quebrassem em cima de carros e da fiação elétrica deixando milhares de pessoas sem luz por mais de dois dias, algumas por mais de uma semana. O problema é que com um frio de -20, falta de energia significa também falta de aquecimento, ou seja, as pessoas tiveram que sair de suas casas e procurar um lugar quente para ficar.
 
 
Agora com a temperatura subindo um pouco, canos estão estourando. Hoje mesmo, a notícia no jornal era que a maior estação de metrô daqui Yonge-Bloor estava fechada por este motivo. O que acontece é que os canos congelam e expandem, e quando a temperatura melhora, se quebram.
 
O que dá pra perceber é que a cidade está ficando velha, e apesar de ter apenas 180 anos, não está comportando os efeitos naturais que aqui acontecem. Os streetcars por exemplo, param toda vez que a temperatura está muito baixa. Sim, eles já estão sendo trocados por uma nova versão, mas essa troca só vai ocorrer no final deste ano. Até lá, os moradores é quem sofrem com todas as mudanças climáticas.
Claro que esse tipo de desastre não é nada comparado ao que acontece no Brasil. Aqui não temos milhares de mortos e feridos nesses desastres, o que é bom, mas quando se acostuma a viver em ordem, qualquer tipo de caos causa desconforto. Enfim, mesmo com todo o caos, a organização da cidade ainda é muito boa, e eles tentam solucionar os problemas o mais rápido possível.

3 Comment

  1. Exatamente, o que eu quis mostrar é que mesmo com caos, as coisas são tão organizadas que não chega a ser uma calamidade.

  2. Exatamente, o que eu quis mostrar é que mesmo com caos, as coisas são tão organizadas que não chega a ser uma calamidade.

  3. Anônimo says:

    Gente, essa massa de ar polar que está atingindo os EUA e o Canadá é a mais forte em 20 anos. Entretanto, como você mesmo disse, ouvimos falar em mortos mas não tanto quanto os desastres que ocorrem aqui no Brasil.

Deixe uma mensagem