Valentine’s Day, mas o que é isso afinal?

Acho que estou muito romântica. Estou contaminada pelo espírito do dia dos namorados na América do Norte, e olha que nem no Canadá eu estou. Neste espírito romântico, resolvi pesquisar por que o dia dos namorados é dia 12 de junho no Brasil e 14 de fevereiro em vários outros lugares.

Acontece que no Brasil o dia dos namorados é comemorado no dia de Santo Antônio, o santo considerado casamenteiro. Já na América do Norte, China, Coréia, França, Grécia, Índia, Japão, e todos os outros países da América do Sul exceto Brasil, o dia é comemorado em homenagem ao São Valentim.
A história de São Valentim é bem legal. Ele era um bispo na idade média que celebrava casamentos em tempos de guerra mesmo contra a vontade do imperador. Os casamentos eram proibidos nessa época porque o imperador acreditava que os homens solteiros eram melhores combatentes.

Quanto a prática foi descoberta, o bispo foi preso e condenado à morte. Nesse período encarcerado, muitos jovens lhe enviavam cartões e flores dizendo que acreditavam no amor. Na prisão, Valentim conheceu a filha cega de um carcereiro, que recuperou a visão milagrosamente, sendo este milagre atribuído à ele. Este lhe escrevia cartas e assinava como “seu namorado” ou como “seu Valentim”.
Valentim morreu no dia 14 de fevereiro, e foi considerado um mártir pela igreja católica, daí surgiu o dia de São Valentim, ou Valentine’s Day.


Hoje em dia, mais por aspectos comerciais, o dia é comemorado com troca de presentes e jantares. Mas na América do Norte, mais especificamente no Canadá, os presentes não são como os presentes caros do Brasil, são coisas mais simples como flores, chocolates e pequenas lembranças pra celebrar o amor.