Como Foi Estudar na ILAC

Turma na ILAC

É incrível como a quantidade de informação sobre o Canadá aumentou desde 2011 quando eu vim pra cá. Na minha época, não existiam tantos blogs e canais do youtube sobre o assunto, nem tantos grupos do Facebook onde dá pra tirar muitas dúvidas. Esse foi um dos motivos que criei o blog, pra dar mais informação e ajudar quem estava planejando vir pro Canadá.

Nessa época, eu tive que confiar muito mais na opinião da agência de intercâmbio pra tomar a minha decisão em relação a escola de inglês que ia estudar. Acabei escolhendo a ILAC por recomendação da agência, e nesse post vou contar como foi a minha experiência em mais detalhes.

Escolhi a escola por causa de um programa que eles ofereciam de estudo e trabalho, seis meses de cada, mas esse programa não existe mais, pois a imigração mudou as regras do work permit e agora quem estuda inglês não tem mais direito a trabalhar, exceto em alguns programas e escolas específicas que oferecem cursos profissionalizantes.

Atendimento pré chegada

Quando escolhi a escola e fechei o contrato, eles me enviaram rapidamente a carta da escola pra que eu pudesse dar entrada no visto, todas as informações da minha homestay que fiquei no primeiro mês, e também pediram pra enviar o meu currículo pra que eles já tivessem tudo preparado quando fosse a hora de começar a trabalhar. Ainda no Brasil, a escola providenciou uma entrevista por skype com a empresa responsável pelo placement (colocação no mercado de trabalho), pra que eles entendessem melhor qual o tipo de trabalho eu estava procurando. Mas não vou entrar em muitos detalhes sobre isso porque o programa não existe mais.

Atendimento na escola

Já em Toronto, no primeiro dia de aula, fui super bem atendida pela responsável pelos estudantes brasileiros, que nos deu mais dicas sobre a cidade, como por exemplo onde fazer a carteirinha de estudante do TTC e outras dicas úteis pra recém chegados, e o melhor, tudo em português mesmo!

O atendimento foi excelente também quando transferi do campus de Toronto pra Vancouver. Eles organizaram tudo pra minha chegada em Vancouver sem nenhuma dor de cabeça, e escolheram uma homestay que realmente foi boa.

Mas o atendimento que eu mais dei valor na ILAC foi no departamento de pathway. Quando eu estava em Vancouver, comecei a fazer o programa do pathway, pra entrar no college, e esse departamento me ajudou a escolher o college, fornecendo muito material pra presquisa, e até me colocaram em contato com uma estudante que estava fazendo o curso pra eu tirar dúvidas mais espefícias. Além disso, eles que me deram a dica de que eu não precisava terminar o programa, e poderia fazer a prova interna do college, e também intermediaram todo o processo de inscrição.

Professores:

Turma na ILAC

O meu desempenho na escola foi muito bom, e eu mudei de níveis super rápido, por isso, eu fiquei em algumas salas por um período muito curso. Lembro de dois professores que foram excelentes, que foi a minha primeira professora no nível intermediário (essa sentada na foto acima) e o meu professor de business English, que foi o melhor professor que tive. Todos os professores têm muita experiência ensinando estudantes internacionais, e conseguem entender as dificuldades de cada estudante, na pronúncia, entendimento, escrita, e tentam ajudar cada um individualmente, já que uma dúvida minha pode ser bem diferente da dúvida de um estudante japonês por exemplo.

Estrutura da Escola:

A escola tinha 3 campus em Toronto, todos em downtown, na região da Yonge e Bloor, que é de super fácil acesso, e do lado do metrô. Toda a estrutura de salas de aula é super moderna e confortável. As salas tem poucos alunos, uma média de 20, e eles tentam diversificar bastante as nacionalidades. Em Vancouver os campus também são no centro e o acesso é super fácil/

Um detalhe ruim que reparei nos meses de verão é que a escola recebe muitos brasileiros, e por isso, fica difícil diversificar as nacionalidades. Tive salas com mais de 7 brasileiros juntos, o que eu acho que atrapalha no aprendizado, já que você acaba falando português mais regularmente.

Alunos:

Segundo o site da escola, eles recebem estudantes de mais de 75 países e a média de idade dos alunos é de 25 anos. A escola tenta misturar nacionalidades pra promover uma experiência melhor, mas como disse, muitas vezes acaba acontecendo de muitos estudantes de uma mesma nacionalidade cairem na mesma sala. Quanto a questão de idade, eu me adaptei super bem pois eu era da mesma faixa etária da maioria dos estudantes, mas percebia que estudantes mais maduros algumas vezes saiam prejudicados, algumas vezes pela maior dificuldade de aprendizado, e algumas vezes por não se enturmar tão bem com o resto da turma.

Um outro detalhe percebido na escola é que infelizmente nem todos os estudantes levam a escola a sério, e algumas vezes isso atrapalha o desempenho da turma. Felizmente a escola é aberta ao diálogo, e você pode solicitar transferência pra uma nova turma, já que a escola tem várias turmas no mesmo nível.

Atividades:

A vantagem de escolher escolas grandes pra estudar é a variedade de atividades que eles oferecem. A ILAC reconhece que o aprendizado do inglês vai muito além da sala de aula, e por isso oferece atividades depois da aula todos os dias. Seja ir patinar no gelo, assistir um jogo de hockey, fazer um piquenique no parque, ir na CN Tower e várias outras atividades que foram ótimas pra praticar o inglês e conhecer gente nova.

Enfim, essa não é a escola mais barata, mas possui uma estrutura e professores excelentes, e de uma maneira geral, eu gostei da escola e recomendo pra quem está procurando um ensino de qualidade.

Passeios ILAC

Ah, e um ponto extra pra ILAC que se prontificou a me ajudar no meu projeto final do College, onde eu tinha que encontrar uma empresa e fazer um plano de marketing de relacionamento. Eu entrei em contato com eles dizendo que era ex aluna e eles toparam compartilhar várias informações com o meu grupo pra fazermos o projeto.

2 Comment

  1. Mari Cimini says:

    Oi Bia. Não conheço ninguém que não gostou da escola. O ensino é ótimo e a estrutura também. Você vai gostar com certeza. Que bom que pode ajudar! Beijos

  2. Estou indo para Toronto em novembro e escolhi a Ilac, que conheci na feira “Imagine Estudar no Canadá”, esse post me deixou muito mais calma em relação a minha escolha.

    Obrigada Mari! 🙂

    Beijos

Deixe uma mensagem