Sobre Se Mudar e Deixar a Família no Brasil

Hoje é o Family Day aqui no Canadá, essa data é celebrada em Alberta, Manitoba, Ontario, Nova Scotia, Prince Edward Island (PEI) e Saskatchewan e é basicamente o dia da família. Nessas províncias o dia da família é celebrado na terceira segunda-feira do mês de fevereiro e é um feriado super valorizado por aqui. Nas outras províncias é celebrado em outra data.

Apesar de muitos dizerem que os canadenses são frios e desapegados da família, eu discordo totalmente. Acho que eles são sim bastante ligados a família, e muitos deles tem tradições como as nossas, de almoços no domingo, e passar feriados como natal e dia da família juntos.

Nesses feriados eu sempre me pego pensando mais sobre a minha família que deixei no Brasil pra vir pro Canadá. Pra mim, o processo de separação não foi tão doloroso porque, apesar de ter vindo sozinha, eu vim pra ficar um ano, e esse um ano foi se extendendo. Mas eu sinto que toda vez que volto pra visitar, fica mais difícil de dizer até logo.

A verdade é que deixar as pessoas que você ama pra trás nunca é fácil, e isso vale tanto pra família quanto pra amigos, a diferença é que família é família e vai sempre estar por perto não importa distância. Hoje em dia com tantas formas de comunicação fica muito mais fácil se manter perto e presente, e isso é ótimo pra manter contato no dia a dia, mas nem sempre é fácil estar longe da família.

Não é nada fácil saber de tudo que está acontecendo na família mas não poder participar ativamente, não é fácil ver as crianças crescendo só sabendo que você é aquela tia que mora longe e traz presentes legais de vez em quando, não é fácil perder o natal, ou aqueles almoços de domingo que só a mamãe sabe fazer, não é fácil ver os nossos pais envelhecendo. Mas é mais difícil ainda não estar presente quando alguém precisa de você ou quando você quer dar aquele último abraço em um ente querido, e nesses momentos vai sim bater aquela tristeza e vontade de estar perto, mas nem sempre é fácil largar tudo, pegar o primeiro avião e partir pro Brasil.

Não é nada fácil, mas foi decisão minha me mudar pro hemisfério norte e deixar todo mundo pra trás e esses momentos de tristeza e saudade, apesar de dolorosos são os que nos deixam mais fortes e independentes, e que acho que isso é fundamental pra conseguir se adaptar ao Canadá ou qualquer outro lugar que seja distante. E se eu me sinto assim, a minha família no Brasil se sente da mesma maneira, apesar de terem uns aos outros eu sei que sempre vou ter o meu lugarzinho lá e sei que eles sentem tanto a minha falta como eu sinto a deles.

Desejo um excelente dia da família pra todos, em especial pra minha família que não está comigo hoje pra celebrar, mas que está sempre nos meus pensamentos.