Gastos Mensais pra Um Casal em Toronto

custo-canada

Quando ainda estava estudando em Toronto fiz um post sobre gastos mensais pra um estudante, mas quando comecei a trabalhar full time, e comecei a ganhar melhor, quis também melhorar a minha qualidade de vida. Com isso, vieram outros gastos, e é sobre isso que quero falar nesse post.

Chega um momento da vida em que não queremos mais dividir apartamento, queremos nosso cantinho do nosso jeito, começamos a pensar mais na saúde e investir mais em comidas de melhor qualidade e mais saudáveis, passamos a gostar de frequentar lugares mais bacanas, e tudo isso custa caro.

Pra fazer esse post, fiz um levantamento dos meus gastos nos últimos seis meses, e nisso descobri que a maior parte dos meus gastos vão pro aluguel, restaurantes e compras no supermercado.

Com esse levantamento, também notei algumas coisas que eu poderia economizar um pouco, e outras coisas que realmente não tem jeito, tem que pagar sem reclamar. Dividi os gastos em 9 categorias: Aluguel, Seguro, Internet, Telefone, Transporte, Luz, Restaurantes, Mercado e Outros, e as primeiras cinco categorias são custos fixos, ou seja, a decisão nesses gastos são quando contratamos o serviço, e aí não dá pra economizar muito.

custo-canada

Aluguel:

O meu aluguel é um valor considerado alto pra Toronto, mas eu optei por um condo novinho, de um quarto em um bairro muito bom e bem próximo a downtown. Tenho laundry dentro do apartamento, e várias coisas no prédio, como academia, churrasqueira, salão de festas e outros. Como trabalho em downtown e moro perto, não preciso de carro, e por isso, alugo a vaga de garagem que tenho, e aí diminui um pouco o valor do aluguel.

Seguro:

O seguro que cito aqui é uma coisa que muita gente não sabe e não inclui no orçamento. O nome em inglês é rental insurance, e não sei se a tradução certa seria seguro de aluguel, na verdade nem sei se existe esse tipo de seguro no Brasil. Mas aqui esse seguro é muito comum e obrigatório na maioria dos prédios. Esse seguro é pra qualquer dano que aconteça com os pertences do locatário dentro do apartamento, por exemplo em caso de incêndio ou roubo. Pro seguro, eu pesquisei com todos os bancos, e o que tinha uma cotação melhor foi o RBC, e como eu não tenho pertences super caros, fechei o pacote mais básico.

Internet:

Eu pesquisei bastante no meu último apartamento pra conseguir uma internet que fosse boa com um preço bom, mas aí esse provedor não funcionava no novo apartamento e tive que pesquisar tudo de novo. Contratei um serviço novo da Fido, que é também minha operadora de celular e por isso consegui um desconto pra internet ilimitada. Vale lembrar que quem contrata planos limitados corre o risco de extrapolar e ter que pagar mais.

Telefone:

Eu sempre pego planos com contrato por causa do aparelho, eu sei que no final das contas acaba saindo a mesma coisa, pois pago mais na mensalidade, mas acho conveniente poder trocar de aparelho de graça. Como falei, uso a operadora Fido, essa foi a operadora que comecei usando aqui e nunca tive problemas e por isso mantenho o mesmo serviço e só mudo uma coisa ou outra quando renovo o contrato pra pegar um novo aparelho a cada dois anos. No telefone também tenho que ter cuidado pra não usar mais do que o limite da internet, caso use, tenho que pagar mais.

Transporte:

Na categoria transporte coloquei o valor do metropass com desconto pra duas pessoas. Como moramos num lugar bem conveniente, não precisamos do passe o ano inteiro, e aí esse valor baixa no verão, mas é sempre bom contar com esse gasto, e a economia que fizer é lucro!

Luz:

A energia aqui é chamada hydro, e em prédios mais antigos normalmente está incluída no valor do aluguel, mas nas construções mais novas esse valor é pago a parte. Eu confesso que fiquei um pouco assustada com o valor que pago no meu apartamento, pois nas minhas pesquisas apareceram valores mais baixos (uma média de $30/$40 por mês), mas aí descobri que tem uma taxa de fornecimento (delivery fee) que é mais da metade da conta. Além disso, apesar do apartamento ser novo, com eletrodomésticos eficientes que gastam pouca energia, usamos muito a máquina de lavar, fogão (que é elétrico) e o aquecimento fica ligado 24horas no inverno, e o ar condicionado é usado bastante no verão. Uma curiosidade da conta de luz daqui é que em alguns lugares ela vem de dois em dois meses, mas em outros é cobrada todo mês. Na minha casa antiga era a cada dois meses e no apartamento novo é todo mês.

Outra despesa que por aqui consideramos parte das utilities é o gás, que está presente em alguns apartamentos e casas. Eu não pago gás, mas pagava na casa anterior, e custava em torno de $30 por mês.

Restaurantes/Lazer:

Eu tenho como filosofia de vida que temos que aproveitar a vida, e gastar o que a gente ganha. Claro que não é gastar tudo, mas também não gosto de juntar tudo, gosto muito de sair, ir a um bom restaurante, ir pra bares, viajar, ir a shows. Nessa categoria incluí todo tipo de lazer que envolve comida, e as outras atividades estão na categoria Outros. Eu não saio todos os dias, ou todos os fins de semana, mas numa média de 2 a 3 vezes na semana em programas incluindo restaurantes, bares, cinema, shows. Esse valor varia muito do verão pro inverno, mas na tabela abaixo coloquei uma média dos últimos seis meses, ou seja, inclui parte do verão e parte do inverno. Essa categoria com certeza é muito pessoal, e quem quer economizar pode reduzir bastante, depende muito do estilo de vida de cada um.

Compras de supermercado:

Apesar de adorar comer fora, eu tento comer em casa o máximo que dá durante a semana, e principalmente no almoço. Normalmente eu cozinho pra alguns dias e levo almoço quase todos os dias pro trabalho. Nessa categoria eu também poderia gastar menos, mas fazemos compras num dos supermercados mais caros da cidade, que é o Metro, que é o mais próximo da minha casa, e gastamos bastante comprando carne, frutas e alimentos frescos, que são normalmente mais caros. Ah, e as compras de bebidas também foram incluídas nessa categoria!

Outros

Nessa categoria entra tudo que não seja das categorias acima, isso pode ser compras da farmácia, coisas pra casa, assinatura do Netflix, diversão que não envolva comida/bebida, pequenas viagens, e outras coisas desse tipo. Essa categoria também é muito pessoal, e pode variar muito de casal pra casal.

 

Antes de mais nada, eu quero deixar bem claro que esses custos foram baseados no meu custo e estilo de vida, e na tabela abaixo coloquei os valores incluindo o valor médio gasto por duas pessoas nos últimos seis meses, o valor mais baixo em cada categoria e o valor mais alto. Claro que o meu custo não vai ser o mesmo que o seu, mas se você quiser viver uma vida mais tranquila, com direito a diversão, viagens e conforto, acho que esses valores são bem realistas.

Descrição  Custo Mínimo   Custo Médio   Custo Máximo 
Aluguel  $1,550.00  $1,700.00  $1,700.00
Seguro  $26.09  $26.10  $26.09
Internet  $56.50  $55.88  $56.50
Telefone  $160.00  $160.00  $180.00
Transporte  $100.00  $268.00  $292.50
Luz  $55.00  $65.00  $90.00
Restaurantes  $190.00  $365.71  $500.00
Mercado  $270.00  $361.90  $535.00
Outros  $50.00  $250.00  $400.00
Total  $2,457.59  $3,252.59  $3,780.09

6 Comment

  1. Lilian says:

    Muito boa esse demonstrativo de gastos.Poste sempre!

  2. ANTONINI says:

    Ótima postagem, mas fiquei com uma dúvida, o custo do condominio no Brasil é pago pela pessoa que está alugando o imóvel e não pelo proprietário, como é no Canadá? Está incluido no calculo? Abs.

    1. Mari Cimini says:

      O condomínio aqui é pago pelo proprietário.

  3. Claudia Rapoport says:

    Maravilhosa a matéria. Tem uns vídeos no You tube que falam falam falam e não falam nada. Você coloca valores, o que não é segredo pra ninguém. É isso que interessa pra gente que segue vocês. Uma média , uma mínima de valores. Eu nem tô indo ainda e não iria para Toronto mas muito obrigada. Sucesso !!

  4. Jack says:

    Esses valores gastos para duas pessoas? Achei até em conta, por ser em downtown. Post mto util!! Obrigada

    1. Mari Cimini says:

      Valor pra duas pessoas sim pra custo de vida próximo a downtown. Se for mais pros subúrbios esse valor cai bastante, principalmente no aluguel.

Comentários fechados.