#VidaEmTO: Opiniões que Eu Tinha Sobre o Canadá Antes de Vir pra Cá

Todo mundo tem uma idéia pré concebida sobre o Canadá. A que eu mais escuto é: “Ah, o Canadá é lindo, mas muito frio né?” Sim, é lindo e sim, é frio no inverno, mas o Canadá em um país gigantesco, e tem tantas outras coisas além do que passa no Globo Repórter especial Canadá.

Assim como muita gente não sabe muito sobre esse país, eu também não sabia até resolver vir pra cá, e é sobre esse assunto que vou falar hoje no projeto #VidaEmTO: Opiniões que eu tinha antes de vir e que mudaram depois de morar aqui.

Inglês e Francês:

Eu sabia que o Canadá era um país bilingue, mas até chegar aqui, eu achava que só se falavam as duas línguas, e que eu teria que aprender a falar francês também pra conseguir me comunicar com as pessoas e principalmente pra trabalhar. Foi só chegar aqui pra perceber que não era bem assim, e que o que menos se ouve por aqui, pelo menos em Toronto, é o francês. Nas ruas se fala de tudo, e o francês não é necessário pra trabalhar e muito menos no dia-a-dia. Claro que em alguns empregos falar as duas línguas é necessário, mas a maioria só exige o inglês mesmo. Ah, e se você for pro Quebec, New Brunswick ou Nova Scotia, aí sim, vai ouvir muito mais francês, e pra essas províncias você vai precisar da língua sim.

Canadenses com aparência de Europeus:

Falei nesse post sobre as primeiras decepções e impressões sobre o Canadá que apesar de ser uma cidade multicultural, eu esperava que os canadenses fossem todos loirinhos de olho claro. Não foi realmente decepcionante descobrir que eles não são assim, e que aqui, assim como no Brasil, achamos gente de todo jeito. Mas eu tinha essa idéia, que provavelmente veio dos filmes de hollywood, de que todo mundo na América do Norte era loiro de olho claro.

Frio o ano todo:

Sim, eu também achava que o Canadá era frio o ano inteiro, e mesmo pesquisando e vendo que tem verão, eu ainda não acreditava que era quente de verdade até eu passar o meu primeiro verão aqui. Gente, é quente de verdade! 40 graus e super húmido, sensação de mais quente ainda. No verão dá pra usar short, vestidinho e chinelinho TODOS os dias! Tá certo que o verão não dura muito, mas não é frio o ano inteiro.

Vancouver = Rio; Toronto = São Paulo:

Essa opinião foram as agências de intercâmbio que colocaram na minha cabeça quando tentavam falar sobre as duas cidades pra ajudar a escolher qual eu iria. Vancouver tem um clima mais praiano, as pessoas curtem mais atividades ao ar livre, é uma cidade mais tranquila. Toronto é um polo tipo São Paulo, com muitos prédios, noite agitada, mais opções de lazer, mais clima de capital. De uma certa maneira as descrições estão certas, mas a comparação com as duas cidades brasileiras é sem base alguma. Toronto é sim uma cidade grande, com mais ar de capital, mas não tem nada a ver com São Paulo. Apesar de ser grande, aqui tem também um clima de interior, e é só sair do centrão da cidade que o clima de cidade grande vai se embora. Já Vancouver tem praia de verdade, e essa é a única semelhança que eu vejo com o Rio.

Brasileiros em todo lugar:

Eu sabia que o Canadá era um país multicultural e tudo mais, já esperava encontrar gente do mundo inteiro aqui, mas não imaginava que encontraria tantos brasileiros. Vou explicar melhor, quando vim pra cá em 2011, o Canadá ainda não era um destino super popular entre os brasileiros, até então, a maioria do pessoal fazia intercâmbio nos Estados Unidos, e a imigração pro Canadá ainda não era tão popular. Chegando aqui, na primeira festa brasileira que eu fui no antigo Maná, vi o tanto de brasileiros que já estava por aqui há um tempo, e com o tempo fui vendo o aumento da chegada dos brasileiros por aqui. Hoje em dia com certeza tem muito mais brasileiros do que quando cheguei, mas mesmo naquela época eu não imaginava encontrar uma comunidade tão grande. Ah, e com essa quantidade de brasileiros, o número de produtos brasileiros que conseguimos ter acesso aqui aumentam bastante, e junto com eles os restaurantes brasileiros também, ou seja, dá pra matar a saudade de algumas coisas da terrinha facilmente.

Canadenses são frios:

Além do frio do clima, uma coisa que eu ouvia muito é que os canadenses são frios como os americanos são. Eu nunca morei nos Estados Unidos pra falar se os americanos são realmente frios, mas o que acontece muito, são pessoas acharem que o Canadá é uma extensão dos Estados Unidos, e eu também achava isso, e por isso acham que tudo que acontece por lá e é mostrado nos filmes, acontece por aqui também. Enfim, canadenses são mais fechados no início, mas depois se tornam grandes amigos, a diferença é que eles não são tão abertos quantos os brasileiros que já viram melhores amigos em dois segundos.

Claro que esses são apenas algumas coisas que mudei de opinião assim que cheguei, e com certeza tinham vários outros pensamentos que não me lembro mais. A verdade é que eu não vim pra cá pensando em ficar, e por isso, nada que eu lia ou ouvia antes de vir pra cá me incomodavam, e na verdade esse país me surpreendeu de uma maneira inexplicável, e é por isso que eu ainda estou aqui, e hoje, com opiniões muito diferentes.

Gostou do post? Veja o que as outras meninas do projeto falaram sobre esse assunto:

vidaemtoLivi Souza: baianosnopolonorte.com

Carina Iani: outsidebrazil.com

Gabriela Ghisi: gabynocanada.com

Mirella Matthiesen: www.mikix.com

vidaemto

10 Comment

  1. Mari Cimini says:

    Olá Wemerson, não, os anúncios de oportunidades no Canadá pra brasileiros não refletem a realidade do país. O Canadá está aberto a receber imigrantes qualificados sim, mas de qualquer lugar e nós brasileiros não temos nenhuma vantagem contra pessoas de outros lugares também qualificadas. Outro detalhe é que as propagandas são meio enganosas, pois você terá que imigrar primeiro pra depois conseguir um emprego, e não ao contrário, já que empresas normalmente não contratam antes da pessoa já estar no Canadá e com permissão de trabalho.

  2. Wemerson Souto Silva says:

    Mari, primeiramente, parabéns pela iniciativa de ajudar tantas pessoas quanto às dúvidas sobre imigrar para o Canadá. Gostei muito da forma simples como você expõe os fatos e o seu ponto de vista. Sou formado em engenharia e administração e possuo 13 anos de experiência em siderurgia em área técnica e gestão, minha noiva é recém formada em eng. ambiental. Estamos focados em melhorar nosso inglês e pensando muito em ir para o Canadá em 2018. Primeiramente para estudar inglês, mas com a mente aberta para mudanças e oportunidades (principalmente com a frustração que vivemos com o nosso Brasil!!!). Geralmente vejo anúncios no Brasil de oportunidades no Canadá para brasileiros. Gostaria de saber se realmente isto reflete uma realidade ou o processo não é tão simples como parece. Abraço!

  3. Maria says:

    Meninas, parabéns pelo Blog! To indo pra Vancouver em Julho e to super anotando as dicas :))

  4. Mari Cimini says:

    Sério? Eu vejo brasileiros aqui o tempo todo! Hahaha, principalmente nos últimos anos, sempre escuto português na rua.

  5. Bem lembrado a parte do inglês e francês: eu tbem achava que aqui seria mais falado o francês. E a parte do brasileiros eu não acho muitos por aqui não. Beijos

  6. Mari Cimini says:

    Topo demais! Vamos marcar!

  7. Estou adorando ler os posts desse mês, pois me identifico com quase todos!!!
    Um dia a gente precisa fazer um hangout sobre esses temas, acho que seria tão divertido.
    bjos

  8. Livi says:

    Essa da aparência também foi uma surpresa para mim porque naquela época (1998) não tinha tanta informação online como temos hoje e eu não imaginava o tanto de gente diferente que ia encontrar aqui. 🙂

  9. Mari Cimini says:

    Comece a estudar e venha!

  10. Junior says:

    Muito bom! Meu sonho é morar no Canadá, porém, sou péssimo no Inglês.

Deixe uma mensagem