A difícil Decisão de Dizer Tchau

Calma, calma, eu não estou dizendo tchau para o Canadá. A cada dia que passa eu tenho mais certeza de que aqui é o meu lugar, e com isso sempre penso nas pessoas que deixei pra trás pra vir em busca do meu sonho, e é sobre isso que gostaria de falar neste post.

É preciso ter muita coragem pra largar tudo e ir em busca de uma aventura em outro país sozinha. Quando eu tomei a decisão de vir para o Canadá fazer um intercâmbio, em nenhum momento senti medo ou vontade de desistir, também não levei em consideração a saudade, até porque os planos eram de vir, estudar por um ano e voltar… Na verdade foi isso que aconteceu, só que eu não voltei pra sempre, só pra passar férias. Acontece que eu me identifiquei muito com Toronto e vi que era aqui que eu queria ficar por pelo menos mais uns anos, mas isso vocês já sabem.

O que vocês não sabem é que a segunda despedida foi muito mais difícil, eu já não estava indo em busca de uma aventura, estava voltando pra minha realidade, e infelizmente esta realidade não inclui ter meus amigos de infância e família por perto fisicamente. Sim, eles estão sempre presentes via Skype, mensagens, mas viver longe faz com que a gente perca muitos momentos importantes. Festas, formaturas, casamentos, batizados, aniversários, tudo faz falta, mas o que mais faz falta é o dia a dia, é poder ver as pessoas com uma frequência maior, fazer parte de momentos cotidianos, dizer adeus a quem se ama.

Especialmente no Natal é muito difícil estar longe de todos, e por mais que a gente tenha mil pessoas ao redor, vamos sempre nos sentir um pouco sozinhos, pois quem mais importa nesse momento não está por perto, a família.

Portanto, se você pensa em sair por aí numa aventura pelo mundo, aproveite ao máximo as pessoas que ama enquanto está perto, e saiba que terão alguns momentos em que a saudade vai apertar forte, mas se você tem um sonho e coragem de alcançá-lo, vá em busca dele, pois as pessoas que você ama estarão sempre de braços abertos quando você voltar.

Família querida, esse texto é pra vocês, Feliz Natal Pai, Mãe, Ví, Bárbara, Vó, Vô, Tia Ângela, Tia Claudia, Tia Heloísa, Flávia, Manu, Renata, Erick, Gustavo, Daniel, Rodrigo, Pedro Henrique, Letícia e Hanninha. Amo vocês!

5 Comment

  1. Mariana Cimini says:

    Pra começar uma vida melhor tem que abrir mão de algumas coisas, infelizmente a família faz falta sim, mas a em contrapartida a vida vai melhorando com o tempo.

  2. Mariana Cimini says:

    Pra começar uma vida melhor tem que abrir mão de algumas coisas, infelizmente a família faz falta sim, mas a em contrapartida a vida vai melhorando com o tempo.

  3. Anônimo says:

    Parabéns pelo texto, posso sentir que são palavras e sentimentos verdades.
    Com certeza está me ajudando muito.
    Também estou planejando imigrar, passei um tempo em Montréal, mas agora, quero imigrar com estudos, fazendo o pathway e college.

    Estou com medo de sentir muita saudades de meus familiares, assim como senti quando estava em Montréal, mas… vamos lá, esse é o meu sonho, é o que eu quero…

    Abraços e continue postando novidades.

  4. Anônimo says:

    Parabéns pelo texto, posso sentir que são palavras e sentimentos verdades.
    Com certeza está me ajudando muito.
    Também estou planejando imigrar, passei um tempo em Montréal, mas agora, quero imigrar com estudos, fazendo o pathway e college.

    Estou com medo de sentir muita saudades de meus familiares, assim como senti quando estava em Montréal, mas… vamos lá, esse é o meu sonho, é o que eu quero…

    Abraços e continue postando novidades.

  5. Anônimo says:

    QUE FAMILIA LINDA

Deixe uma mensagem