Conhecendo a Caverna de Banff

Essa caverna com duas piscinas termais é o berço do sistema de parques nacionais do Canadá. Foi a partir dela que se iniciaram os projetos de abertura dos parques do jeito que eles são hoje, interligados e funcionais. Assim como o Lake Louise, essa caverna foi descoberta por acaso por funcionários da linha de ferro Canadian Pacific Railway enquanto eles trabalhavam na construção da linha na área de Banff.

Logo que foram descobertas, a duas piscinas termais, uma ao ar livre e outra dentro da caverna, que se formam de uma nascente, se tornaram mais um local turístico que atraía pessoas de várias partes do Canadá para se banharem nas águas medicinais tão famosas na época. Felizmente, temendo uma catástrofe ambiental, a caverna se tornou parte do primeiro parque nacional e foi tombada, assim, ficou proibido o uso da nascente para banhos.

Hoje o local abriga um museu com a história de Alberta e dos parques nacionais, onde os turistas podem visitar a caverna e ver a as águas termais. O museu também tem alguns vídeos sobre o assunto, e apresentações de música e dança locais.

A caverna é uma das atrações que está com entrada gratuita em 2017 por causa das comemorações dos 150 anos do Canadá e é um lugar interessante pra quem gosta de museus. Eu achei interessante o passeio, mas meio sem graça. Fiquei decepcionada com a caverna que é super pequena e com o cheiro forte de enxofre na água que se concentra mais ainda naquele espaço pequeno. Mas gostei bastante da arquitetura do lugar, e da possibilidade de caminhadas por trilhas, além é claro da vista que é sempre linda em Banff.

Valeu pra tirar umas fotos, mas esse não seria um lugar que eu voltaria nem recomendaria muito visitar, a não ser que você tenha tempo livre.

Quer se hospedar em Banff? Veja os hotéis aqui:

1 Comment

  1. thel says:

    boas fotos e mto melhor ainda sua sinceridade !!!!

Deixe uma mensagem