Lake Moraine: O Lago Mais Lindo do Mundo

Sabe aquele lugar mágico que você sempre vê fotos e pensa: Um dia vou ver esse lugar pessoalmente! Pois é, essa era a minha história com o Lake Moraine. Eu sempre babava nas fotos e não acreditava que poderia existir um lugar tão lindo, com uma água tão azul, achava que tinha photoshop e filtros em todas as fotos.

Felizmente esse ano tive a oportunidade de visitar o lago, e pude constatar que ele realmente existe e realmente é lindo como nas fotos, nada de photoshop! Tudo bem, algumas fotos tem sim um pouco de edição, mas o lago é mesmo super azul.

Curiosidade:

  • O lago atinge seu ponto mais cheio no final de junho, e quando cheio, reflete esse azul turquesa por causa da refração da luz nos sedimentos das montanhas rochosas no fundo do lago que caem no desgelo dos rios Fay Glacier and Larch Creek.
  • No verão, em Junho o lago atinge o seu nível mais azulado.
  • O lago tem 0.5 km2  e profundidade de 14 metros e a fica 1884 metros do nível do mar.
  • O lago estampou as notas de $20 canadenses entre os anos de 1969 e 1979.

O meu passeio:

Como fui pra Banff em um feriado, a cidade estava super lotada, e por isso, fui ao lago mais no fim do dia, e foi uma decisão sábia, pois quando cheguei lá já estava vazio e deu pra aproveitar bastante sem todos aqueles turistas em volta.

O lago fica a 14 km da cidade de Lake Louise, e pra chegar é só seguir o GPS pela Moraine Lake Road, e ele fica bem pertinho do estacionamento, portanto, super acessível sem necessidade de caminhadas. Eu dei uma volta em volta do lago por umas trilhas, e terminei o passeio subindo até o alto de uma trilha, que é onde tem a vista mais bonita. Para os mais aventureiros, tem várias outras trilhas e locais pra caminhada no local.

Achei esse lago mais bonito do que o Lake Louise, e apesar de não ter passado muito tempo no lago, achei que valeu a pena ir mais tarde, e que o passeio é realmente inesquecível. É incrível ver como somos tão pequenos diante das montanhas gigantescas e desse lago tão lindo.

A foto acima é um dos pontos mais bonitos do lago, que dá uma vista panorâmica das montanhas e é um cenário incrível pra fotos. Pra chegar nesse lugar é só seguir a trilha para o Consolation Lakes e subir no Rockpile trail, é uma trilhar super curtinha, com escadas e tudo mais que fica bem na entradinha do lago, do lado do estacionamento. A trilha é bem tranquila, e só recomendo ir com um sapato fechado pois tem muitas pedrinhas e bastante terra. Vi muita gente escalando as pedras, mas acho meio perigoso e desnecessário, já que tem o caminho mais fácil atrás das pedras.

Para quem está se perguntando, pode sim nadar no lago, mas como a água é de desgelo da geleira, é bem fria. O mais próximo que cheguei foi pra colocar o meu dedo na água e constatar que realmente é muito fria.

No local você pode alugar canoa e stand up paddle para um passeio no lago, mas prepare-se o bolso, o aluguel é em torno de $95 por hora, e para os mais aventureiros ou os que querem gastar menos, tem várias trilhas, das mais tranquilas até as que exigem equipamento próprio.

Achei online algumas opções de ônibus pra ir ao lago saindo do Lake Louise, mas acho que a melhor opção é mesmo ir de carro pela comodidade. Mas vá bem cedinho ou no fim da tarde como eu fui, pois o estacionamento é super pequeno e enche super rápido, e cuidado, a estrada pra chegar no lago é bem estreita e acentuada, cheia de curvas e quase nenhum acostamento, então é sempre bom dirigir com cautela e bem devagar. Apesar disso, o caminho é bem lindo, cheio de árvores e montanhas ao fundo.

Quer se hospedar aqui? Veja os hotéis mais próximos aqui:

Deixe uma mensagem